Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

Continuação da entrevista á cristina pela revista Maria

Oláaa a todos..

Peço desculpa pela desatualização, mas cá estou eu hoje para acabar de postar a entrevista da Cristina à revista Maria!

Espero que continuem a visitar-nos e dêm a vossa opinião sobre a entrevista!

Os trabalhos que já teve ajudaram-na a crescer?

Eu não fui trabalhar muito nova, mas comecei a ajudar os meus pais muito cedo. E passei pela simples empregada de balcão, numa loja de roupa, a professora, perante um auditório onde tinha de cativar os alunos. Isso ajudou-me muito, foi uma boa preparação para hoje enfrentar as câmaras.

O que a levou a ir trabalhar?

Acabei o curso e fiz o estágio, mas, apesar de ter tido uma boa nota, não consegui emprego. E chegou uma altura em que tive de ir trabalhar...

Foi uma forma de agradecer aos pais?

Eles conseguiram proporcionar-me a educação com muito custo, o que eu soube valorizar. Por isso, a partir do momento em que acabei o curso, tive de ir à luta e estava pronta para trabalhar no que surgisse. Os meus pais deram-me a ferramenta e era a minha vez de os recompensar pelos anos de esforço que tiveram para me ajudar.

A infância

Não teve vergonha de trabalhar numa loja, quando tinha um curso?

Nenhuma! Não tenho vergonha de mostrar as minhas raízes, de dizer quem sou nem o que fui. Nasci no campo, cheguei a plantar batatas, a andar na vindima, a estar no monte com as ovelhas... e tudo isso foi tão importante na minha formação, que não posso esquecer. Acho que até que são poucos os que têm essa experiência e esse privilégio. Há pessoas que sempre viveram na cidade, que não têm o contacto com o ampo que eu tenho, e não sabem qual a época de semear batatas ou de fazer a vindima e eu sei, poque estive lá e porque o fiz. Não tenho qualquer problema em dizer onde trabalhei.

Teve esses trabalhos para ajudar os pais?

Sim, não por eles precisarem, mas porque eu adorava lá andar. Aquilo para mim era uma festa! Nas vindimas cheguei a pisar as uvas nos lagares antigos e habituei-me a ir com a minha mãe a dar milho às galinhas.... cresci com isso.

Ou seja, se algum dia as coisas correrem mal...

Volto para qualquer trabalho sem receio! Sempre com a certeza de que, nem que seja a lavar escadas, vou tentar lavá-las da melhor maneira!

Os seus pais trabalharam sempre no campo?

O meu pai tem uma oficina e a minha mãe é doméstica, se bem que tem muito jeito para a costura e faz certos trabalhos. Mas tiveram sempre esse lado do campo, pois é lá que vivemos. Temos o nosso pedacinho de terra, onde cultivamos as nossas coisas e sempre gostei muito disso. Aliás, as minhas brincadeiras foram sempre ao ar livre! Cresci com uma liberdade que não se consegue ter na cidade. Fazia piqueniques, andava de bicicletam corria pelos montes, caía...

Tudo isso fez parte do meu crescimento e tornou-me na pessoa saudável que sou hoje.

Foi o jeito para a costura da sua mãe que lhe deu o gosto pela moda e a fez abrir uma loja?

Desde pequenina que fazia vestidos para as bonecas com a minha mãe e a minha avó. Sempre gostei muito de moda.

Está mais vaidosa?

Sempre fui vaidosa. Nunca gostei de passar despercebida, sou sincera. Mas com a loja agora tenho saudades de ir ás compras, porque deixei de precisar!

Tem medo de envelhecer?

Não acho muita graça ás rugas, mas sei que elas irão aparecer.. E a minha mãe, com 55 anos, tem rugas e é tão bonita, que acho que também as vou encarar de forma natural.

Nunca foi sondada para fazer uma produção mais ousada para uma revista masculina?

Fui, mas acho que não o devo fazer. Aliás, a Júlia Pinheiro, que é a coordenadora do Você na TV, disse-me que, enquanto estivesse neste programa, não o devia fazer. Não tenho qualquer tipo de necessidade e acho que o meu corpo não deve ser exposto dessa forma. Não quero ter o título de apresentadora mais sexy de Portugal!

 

P.S.- Espero que continuem a visitar o hi5 =) Mostrem que gostam da Cristina!!

beijinhos

publicado por Andreia às 15:07
link do post | comentar | favorito
|

Pesquisar

 

Posts Recentes

"Não Quero Namorados"

Juntos em dia de festa

Reabertura do blog

Cristina "Sentiu que tinh...

Atitude de Cristina Ferre...

Vale a pena rever!

Fotos: Os Looks de Cristi...

Manuel Luís Goucha e Cris...

Cristina Ferreira em "Uma...

Cristina Ferreira no Alma...

Informações

Online desde 13 de Junho de 2007
Layout Andreia
Gerentes Andreia, Rita & Sandra
Pessoas Online online
Contador hits

Arquivos

Outubro 2011

Setembro 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Setembro 2010

Abril 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Música